quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Entrevista a Nuno Folhadela - Bica Studios

http://psgamespower.blogspot.com/2015/02/entrevista-nuno-folhadela-bica-studios.html
(De trás para a frente da direita para a esquerda - Nuno Folhadela; André Santos; Filipe Augusto; João Catarino; Miguel Tomás;)

Tivemos o prazer de entrevistar o Nuno Folhadela da Bica Studios, descubram um pouco mais sobre ele e a origem da Bica!

Como surgiu o teu interesse pelos videojogos a nível profissional e qual foi o primeiro projeto de criação de um jogo em que te envolveste?

Não consigo distinguir o interesse pelos videojogos entre pessoal e profissional, pois encaro esta vontade como um estilo de vida. No entanto, o primeiro jogo em que trabalhei para um estúdio já formado, foi o Defenders of Law para a Game Invest.

Qual é o caminho que uma pessoa que queira tornar-se um DEV deve tomar, quais os conselhos que darias a essa pessoa e o que achas que deva ter em atenção antes de se iniciar?

Começar a fazer jogos, já! São inúmeras as ferramentas, tutoriais, eventos e meios para se começar. Vejam uma área pela qual tenham preferência e tentem ser os melhores naquilo que fazem. Pelo caminho, juntem-se a outras pessoas que partilhem as mesmas ideias e ambições (seja um estúdio indie ou uma empresa) e comecem a trabalhar.

Como surgiu a ideia de fundar a BicaStudios, o que vos motivou (a ti e à equipa da Bica), e o nome teve alguma origem peculiar e que outras hipóteses haviam (em termos do nome com que iriam batizar o estúdio)?

A ideia surgiu entre mim e o Miguel Tomás em criar uma empresa de jogos excepcionais, no sentido de alcançar um grande número de Jogadores através de experiências divertidas e entrar no forte mercado que é dos dispositivos mobile. Uma mistura de paixão movida por todos os clássicos que nos inspiram aliada a uma visão de todo o potencial que a tecnologia tem hoje para nos oferecer em termos de entretenimento.

Quanto ao nome, sim, houve muitos nomes a passar nas nossas reuniões em cafés sempre acompanhados de uma... Bica. E juntando a isso, o facto de os programadores serem conhecidos por tornarem cafeína em código e eu não conseguir passar um dia sem este hábito tão português, depressa percebemos que esse era o nome a adoptar!

Como se juntou a equipa da Bica Studios?

3 de nós já trabalhávamos numa empresa de videojogos e assim que começámos esta aventura juntou-se o resto da malta. Somos agora 6: Eu, Miguel Tomás, Filipe Augusto, André Santos, João Costa e João Catarino.

Qual foi a inspiração e a origem da vossa criação que está a gerar grande sucesso, SmashIt! Adventures, e porquê fazer um jogo para sistemasandroid e não para consola digamos ou PC?

Nós estamos em Android e Windows Phone também. Mas é pela razão que disse acima. É um mercado que não pára de crescer de ano para a ano e que possibilita com "2 clicks" chegar a todo o mundo. No processo há todo um trabalho dantesco, mas que bem feito, pode-nos catapultar para as mãos de milhões de Jogadores e com isso, alcançar o sucesso que ambicionamos.

Têm planos de no futuro lançar o SmashIt! Adventures, ou o recente port feito para WindowsPhone, Smash Time, noutrossistemas como a PSVita por exemplo, que tendo a funcionalidade Touchscreenseria em princípio uma boa aposta?

Quem sabe... . Para já o focus é iOS, Android e Windows Phone.

Estão a planear muito conteúdo extra para SmashIt! Adventures e Smash Time, e existem planosou projetos em mente para o futuro, como por exemplo criarem um jogo ligado a outro género como plataformas, ou horror por exemplo?

Smash Time é a evolução do Smash IT! Adventures. Este último serviu de aquecimento para o que estamos a preparar, que é desenvolver jogos como serviços de entretenimento. Há ideias para outros jogos, de diferentes géneros e plataformas, mas sempre focados em primeiro, no mercado mobile.

Qual foi o vosso maior desafio na criação do vosso título de sucesso (SmashIt! Adventures)?

Visibilidade. É esta a arte a dominar nos jogos mobile. Afinal de contas saem 120 jogos todos os dias. 

Tens planos para o futuro em termos de criação, talvez criar uma app, algum software, ou seja como DEV tens ideia, planos, aspiração de talvez vir a criar algo e a lançar no mercado que não seja relacionado diretamente com videojogos?

Eu sou um aficionado por todas as formas de contar histórias, tendo a minha preferência por videojogos, por terem a capacidade de juntar todas as artes e ainda adicionar a interacção. Mas todas as possibilidades de contar uma história através de outros meios ou em algumas misturas entre meios é algo que pode acontecer. Por agora, só o Smash Time interessa, no âmbito de levar aos 4 cantos do mundo.

Para terminar uma mensagem para os fãs da Bica e do SmashIt! Adventures.

Um imenso obrigado e sintam-se desde já parte da equipa! Fazemos jogos porque queremos que os joguem, que se divirtam, emocionem e façam parte deles. A nossa morada e mails estão em todo o lado, como tal, quando quiserem é só combinar uma Bica.

Para quem ainda não é fã, mas do que estão à espera de fazer o download e fazer um like/follow nas redes sociais da Bica Studios?




















 




















0 comentários:

Enviar um comentário

Recebe a Nossa Newsletter

FantasPT. Com tecnologia do Blogger.
UA-43693560-1