domingo, 21 de fevereiro de 2016

Análise 3DS/2DS - Project X Zone 2: A Brave New World

http://psgamespower.blogspot.com/2016/02/analise-3ds2ds-project-x-zone-2-brave.html

O que dizer de Project X Zone 2, não é muito difícil, pois não se precisa de pensar muito, é um jogo fenomenal que a meu ver só ficou com uma falha, a história. A Plot tem algumas falhas digamos, um excesso de esforço na mesma para justificar e ligar o elenco de personagens que se une ao longo do jogo, claro que era algo que se poderia já esperar pois fazer cross-overs de mundos/universos fora de um fighting game, bem é algo complicado, especialmente com um elenco tão grande como o PXZ2 tem.
Se as "brancas" digamos, afetam a nossa diversão e experiência final com o jogo? A meu ver não, mas claro que vamos sempre notar, por exemplo logo no início vê-mos esta falha em ação, com um prologo de 5 partes em que em cada parte, personagens de 2/3 franquias se juntam através dos fenómenos que ocorrem, prólogos esses que servem como tutoriais para o sistema de combate do jogo, mas notamos ali alguma pressa e extensão em termos de explicação de como a personagem tal foi ali parar e de onde veio, já pelos capítulos da história que decorrer, notamos que chega mesmo a haver personagens que caiem de paraquedas na plot do jogo simplesmente, como Fiora de Xenoblade Chronicles, claro que isto, como disse, vai baixar a qualidade da experiência mas não vai arruiná-la, pois é o sistema de combate, como? Irei falar mais à frente.
A história começa com a aparição de misteriosas correntes de ouro gigantes que estão a aparecer na zona de Shibuya (que continua fechada em quarentena devido aos eventos paranormais que lá ocorrem), Tokyo, e em mundos paralelos e linhas temporais diferentes. Estas correntes acabam por estar ligadas à origem de portais que estão a trazer e enviar personagens para outros mundos e partes da linha do tempo (passado e/ou futuro), o que acaba por reunir o elenco de personagens, ao criar encontros e eventos que os junta em combate para se ajudarem, e chegarem ao fundo do mistério que envolve a organização secreta (mas que todos os  personagenss já ouviram falar ao que parece) Shadaloo, que é liderada por Mr.Bison, estes fenómenos acabam por estar a ressucitar vilões outrora derrotados e mortos, e nós acabamos a enfrentá-los em combate. O jogo começa (após os prólogos) com os dois agentes da Shinra (agência governamental que investiga eventos paranormais), Reiji e Xiaomu, a entrarem na zona de quarentena para se encontrarem com dois agentes da BSSA, bem conhecidos, Chris Redfield e Jill Valentine, quando de repente são atacados. Todos estes eventos vão levar os nossos dois agentes a formarem equipa com personagens de uma variedade de franquias, como Yakuza (Kiryu e Majima), Resident Evil (Chris, Jill e Leon), Megaman (X e Zero), Darkstalkers (Morrigan, Demitri e Felicia), Tekken (Kazuya, Jin, Heihachi e Xiaoyu), entre muitas outras, e levá-los a locais/mundos dessas mesmas franquias como Makai, ou Kamurocho, e claro não poderia faltar, num cross-over em que enfrentamos bosses de varias franquias, vamos ter uma mistura interessante inimigos a aparecerem juntos para nos enfrentar.
Agora indo ao sistema de combate, ao grafismo e sons. Quanto ao grafismo e sistema de combate, não podemos falar de um sem mencionar o outro, pois o grande Boom do combate é as animações, isto é o grande "doce" do jogo, as animações de combate com toque de manga/cartoon são do melhor que há, a maneira fluida como acontecem e os efeitos dos ataques estão fenomenais, executar combos nunca foi tão fenomenal num jogo para mim como em Project X Zone 2, quanto ao design dos cenários, tanto na fase de movimento/ação, como na fase de combate ficaram bem construídos, o mesmo se diz dos sprites das personagens na fase de movimento/ação, o sistema de evolução de nível está algo simples, usamos as duplas de personagens em combate elas vão evoluindo de nível e desbloqueando novos combos, ganhando mais poder de ataque, defesa, HP, etc..., com tudo isto podemos personalizar as nossas equipas duplas, apesar de aparecem todos nas fases de jogo, as personagens a solo podem ser trocadas entre as equipas duplas, e depois ativadas em combate usando o gatilho R, podemos também associar um acessório e equipamento à vez, que alteram os atributos da equipas (aumentam o nível de sp, hp, destreza, etc...), podemos gastar CP ganho em combate por essas equipas em aumento do poder dos combos, e por fim podemos associar uma habilidade à vez, como ganhar mais CP, ou restaurar uma percentagem de vida quando a mesma atingir um certo nível, etc..., também fazemos uso de itens nas fases para restaurar vida, curar envenenamento, paralizia, etc..., e todos estes itens podem ser vendidos e comprados.
Quanto aos sons e voice acting, o jogo vem em Japonês, pelo que temos legendas em Inglês por exemplo, mas estão muito bons de de se ouvir, o que pode confundir um pouco ao início será o facto de cada equipa ter a sua música tema, que muda quando a selecionamos para usar movimento, ou um item, ou iniciar combate. Quanto a mecânicas de combate, quero mencionar uma que se liga ao de unidades a solo, e que é ativada com o gatilho L em combate, que é assistência de outra equipa numa fase de combate, ou seja se nos posicionarmos de maneira certa com outra equipa na nossa área de alcance de combate, e com um inimigo, essa irá estar disponível para nos ajudar a eliminar o inimigo e a aumentar a ferocidade da nossa loucura de combos, em combate podemos usar até 3 combos, uma assistência, uma unidade a solo e um combo especial, pelo que no total podemos usar 6 ataques, sendo que a assistência já depende do que foi explicado antes.
Entre um elenco de mais de 50 personagens, bosses, loucura geral em combate, mundos a visitar, inimigos a combater, etc..., existe muito mais para ser falado mas o essencial da análise foi dito e o resto cabe-vos descobrir caso tenham interesse em adquirir o Project X Zone 2, na Nintendo eShop, ou no vosso retailer favorito. Esperemos que tenham gostado e não se esqueçam de partilhar a vossa opinião nos comentários.

0 comentários:

Enviar um comentário

Recebe a Nossa Newsletter

FantasPT. Com tecnologia do Blogger.
UA-43693560-1