sexta-feira, 10 de junho de 2016

Opinião - Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos

http://psgamespower.blogspot.com/2016/06/opiniao-warcraft-o-primeiro-encontro-de.html
Ora bem esta será a nossa primeira análise cinematográfica, pelo que será interessante. O filme começamos logo com um bastante aguardado…Warcraft. Pelo que agradecemos desde já termos sido convidados para a antestreia. Quanto à franquia, devo dizer que infelizmente nunca acompanhei nada, sendo que pelo que sei, este filme remonta à cronologia do tempo de Warcraft 1, mas isso já é outra questão.
Ora bem quanto ao filme em si não iremos revelar a plot para não dar spoilers a quem ainda não viu, mas teremos de falar um pouco nada de mais que não se perceba pelos trailers, pois este é daqueles filmes que merece ser descoberto no cinema. O filme começa com um passo um pouco apressado para nos tentar pôr ocorrentes do essencial para o seu restante, vê-mos os Orcs a passarem do seu mundo morto para o mundo de Azeroth que está cheio de vida, onde reside (para além de outras raças) a raça Humana que será a grande rival do Orcs, mas apesar de este confronto estar a ser instigado por Gul’dan que necessita de mais seres vivos para continuar a alimentar a sua magia Fel, e trazer o resto da Horda de Orcs, existem Orcs que se opõem ao seu objetivo como Durotan, o líder do clã Frostwolf. No desenrolar da história, este tenta aliar-se ao humanos, no qual está a grande estrela do seu exército, Lothar.
Pelo caminho outros Orcs tentam juntar-se mas Gul’dan armado com a magia Fel (magia negra que corrompe o seu utilizador), mostra-se ser um adversário implacável. Vão haver vários momentos de combate fantástico, o CGI dos Orcs está fabulosamente executado, pelo que fiquei mesmo com a ideia, que se no mundo real houvessem Orcs, esta poderia ser uma forma aceitável e visível, é extremamente realístico, e enquadram-se bem em todos os momentos, os ambientes também ficaram excelentes, em nenhum momento me passou pela cabeça que aquilo era ecrã verde (apesar de claro ser algo que se sabe que é obviamente), e apesar de ser de maneira apressada no início e também a meu ver uma maneira de dar show-off, mostram paisagens em grande plano do reino de Azeroth. O CGI de Humanos, seja a montar Grifos, etc… tem momentos que poderia estar mais bem executado mas passa.
Em suma, a mim pareceu-me ser um filme bem executado e que adorei, com uma plot cativante e personagens que nos agarra ao ecrã, visto em Imax fica ainda melhor, a banda sonora usada para os momentos do filme acompanha-os bem, já no argumento existem algumas partes de tentativas de humor que eram escusadas a meu ver mas que pronto tudo bem.
Por fim espero que venha dai uma saga de filmes, um cada vez melhor que outro, pois pretendo acompanhar com grande hype pelos mesmos. Se puderem vão ver ao cinema (em Imax de preferência) que não se vão arrepender.

0 comentários:

Enviar um comentário

Recebe a Nossa Newsletter

FantasPT. Com tecnologia do Blogger.
UA-43693560-1